Notícias

07/08/2013

No perca a Paixo de Cristo de Nova Jerusalm em 2014!

A Sociedade Teatral de Fazenda Nova já está se preparando para a realização da 47ª temporada da Paixão de Cristo, dentro das monumentais muralhas da Nova Jerusalém. A cidade teatro de 100 mil metros quadrados, obra idealizada e construída pelo gênio criador de Plínio Pacheco, que fica no distrito de Fazenda Nova, a 180 km da capital pernambucana.

Em 2014, a encenação acontecerá no período de 12 a 19 de abril. Será mais uma oportunidade para o público viver e reviver as fortes emoções de um espetáculo grandioso que conta a vida de Jesus, o personagem de maior destaque na história da humanidade.

Como sempre vem acontecendo, nos últimos anos, o elenco da Paixão, além de reunir o que há de melhor entre atores e atrizes que fazem a cena regional, também irá contar em 2014 com destacados intérpretes de renome nacional nos principais personagens. Assim, o público fiel aos espetáculos da Nova Jerusalém terá oportunidade de ver, de perto, grandes nomes do Teatro, da TV e do Cinema nacionais, vivendo importantes personagens bíblicos do espetáculo.

Os textos, vídeos e fotos procuram descrever o espetáculo, mas, como os próprios espectadores reconhecem, só mesmo assistindo in loco é possível se ter a idéia real de toda a sua grandiosidade e emoção.

A cada noite, durante os nove dias de apresentações, o espetáculo comove platéias de mais de oito mil pessoas. Na Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, o público acompanha cada passo de Jesus e seus seguidores. Em 2010, a encenação alcançou o marco de já ter sido assistida por mais de três milhões de pessoas de todas as partes do Brasil e do mundo.

A cidade teatro é um capítulo à parte. Com área correspondente a um terço da área murada da Jerusalém dos tempos de Jesus, construída em meio à paisagem árida do Agreste nordestino, a Nova Jerusalém, há mais de 40 anos, vem entusiasmando a todos que a visitam, os quais se sentem transportados no tempo e no espaço, até a antiga Jerusalém dos tempos da dominação romana, nos anos 30 da era cristã.

A paisagem que envolve a cidade-teatro, muito semelhante à da Judéia, aumenta ainda mais a beleza e a emoção das cenas. A grande história de fé, esperança e emoção é contada por 550 atores e figurantes em nove monumentais palcos–platéias, com cenários grandiosos, como o Palácio de Herodes, o Fórum de Pilatos, o Templo de Jerusalém e o Cenáculo.

Em pouco mais de duas horas, o realismo que brota nas cenas, na fisionomia e nos trajes dos personagens, faz com que todos os que assistem ao espetáculo deixem de ser meros espectadores. Sob o céu estrelado do Agreste, na companhia de um luar de sonho, típico das noites dessa região, o público inevitavelmente se confunde com os figurantes. As pessoas passam a ser coadjuvantes das cenas que se desenrolam nos palcos da famosa cidade-teatro. Cada um se sente como se fosse alguém do povo que um dia seguiu os passos de Jesus em terras da Palestina, há dois mil anos. Tudo isso faz da Paixão de Cristo da Nova Jerusalém uma oportunidade única de vivenciar a mais emocionante história da humanidade.

 

Voltar

Redes Sociais