Notícias

21/04/2014

84% dos expectadores consideraram o espetculo da Paixo excelente

A temporada 2014 da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém foi um grande sucesso. Mais uma vez, milhares de pessoas vindas de todo o Brasil e do exterior estiveram na monumental cidade-teatro, localizada no município do Brejo da Madre de Deus, a 180 km do Recife, para assistir a cenas emocionantes e de rara beleza. De acordo com a pesquisa de opinião realizada nesta temporada, das cerca de 65 mil pessoas que assistiram à Paixão, 84% consideraram o espetáculo excelente e 26% bom.  90% eram do Nordeste e 5% do Sudeste, 3% do Norte. 45% já haviam assistido a peça pelo menos uma vez. 

 Todas as noites, durante os oito dias de apresentações, o espetáculo comoveu plateias de cerca de sete mil pessoas. Adultos, jovens e crianças acompanharam cada passo de Jesus e seus seguidores na cidade-teatro. Com área correspondente a um terço da área murada da Jerusalém dos tempos de Jesus, construída em meio à paisagem árida do Agreste nordestino, a Nova Jerusalém, há 47 anos, vem entusiasmando a todos que a visitam, os quais se sentem transportados no tempo e no espaço, até a antiga Jerusalém dos tempos da dominação romana, nos anos 30 da era cristã.

Em 2014, a grande história de fé, esperança e emoção foi contada por 550 atores e figurantes em nove monumentais palcos–platéias, com cenários grandiosos, como o Palácio de Herodes, o Fórum de Pilatos, o Templo de Jerusalém e o Cenáculo. Nos papeis principais a Paixão de Cristo trouxe José Barbosa (Jesus), Carol Castro (Maria), Oscar Magrini (Herodes), Fernanda Machado (Madalena), e Carlos Machado (Pilatos) e Meyriele Abrantes (Herodíades). A direção artística foi de Carlos Reis e Lúcio Lombardi. A coordenação geral de Robinson Pacheco.

Na temporada 2014, além dos cavalos adestrados da raça "Puro Sangue Lusitano", vindos de São Paulo, a cena do Fórum de Pilatos também contou com a participação de uma águia adestrada. A ave esteve no palco com o adestrador Alexandre José Percílio, proprietário do Parque dos Falcões em Areia Branca, Sergipe. Além disso, os figurinos do espetáculo, criados pelo estilista e cenógrafo, Victor Moreira, teve inúmeras peças renovadas sob a coordenação de Marina Pacheco.

Voltar

Redes Sociais